Menu
Your Cart

ESTUDOS CONTEMPORÂNEOS DE DIREITO - volume 2

ESTUDOS CONTEMPORÂNEOS DE DIREITO - volume 2
ESTUDOS CONTEMPORÂNEOS DE DIREITO - volume 2
R$120,00
  • Estoque: Em estoque
  • Modelo: 159
  • Peso: 300.00g
  • Dimensões: 21.00cm x 15.00cm x 15.00cm


Organizador: DANIEL AUGUSTO AROUCA BIZZOTTO
1ª Edição - Ano :2019 

Organizador: DANIEL AUGUSTO AROUCA BIZZOTTO

1ª Edição - Ano :2019 

Págs. 497




SUMÁRIO

 

CAPÍTULO 1  -  AÇÕES AFIRMATIVAS E PLURALISMO JURÍDICO:

a busca por soluções da crise do Direito Brasileiro

1.  INTRODUÇÃO

2.  DO PLURALISMO JURÍDICO

2.1   Conceito

2.2   Histórico

2.3   Fontes

2.4   Influência dos Filósofos

3.  DIREITO BRASILEIRO

3.1   Formação e Características

3.2   Crise do Formalismo Jurídico no Brasil

3.3   Perspectivas dos Direitos Fundamentais

3.4   Ações Afirmativas

4.  PLURALISMO JURÍDICO COMO ALTERNATIVA PARA A

CONCRETIZAÇÃO DOS DIREITOS NO BRASIL

5.  AÇÕES AFIRMATIVAS VERSUS PLURALISMO JURÍDICO

6.  CONCLUSÃO

 

CAPÍTULO 2  -  A JUSTA CAUSA POR EMBRIAGUEZ HABITUAL E O

RECONHECIMENTO DO ALCOOLISMO COMO DOENÇA

1.  INTRODUÇÃO

2.  DO CONTRATO DE TRABALHO

2.1   Relação de Emprego e Relação de Trabalho

2.2   Definição de Emprego Celetista

2.3   Pressupostos da relação de emprego

2.3.1  Pessoa física

2.3.2  Pessoalidade

2.3.3  Habitualidade

2.3.4  Subordinação

2.3.5  Onerosidade

2.4   Poderes do empregador

2.5   Deveres do empregado

3.  DA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

3.1   Rescisão do contrato por decisão do empregador

3.1.1  Dispensa sem justa causa

3.1.2  Dispensa por justa causa obreira

3.1.2.1  Embriaguez como justa causa

3.1.3  Efeitos da justa causa

4.  ALCOOLISMO E SUAS IMPLICAÇÕES NO TRABALHO

5.   CONCEITO DE EMBRIAGUEZ – ALCOOLISMO

6.   DA DISTINÇÃO DE EMBRIAGUEZ HABITUAL E EM SERVIÇO

6.1   Embriaguez habitual

6.2   Embriaguez em serviço

7.   DA DISTINÇÃO DE EMBRIAGUEZ COMO ATO FALTOSO E COMODOENÇA

8.   DA DISPENSA POR JUSTA CAUSA EM RAZÃO DE EMBRIAGUEZ SOB A ÓTICA DA JURISPRUDÊNCIA TRABALHISTA

9.   CONCLUSÃO

CAPÍTULO 3  -  MEDIDA PROVISÓRIA E CONSTITUCIONALIDADE

DEMOCRÁTICA BRASILEIRA

1.    INTRODUÇÃO

2.     INTERDIÇÃO DA LEI: BREVÍSSIMO ESCORÇO DE SEU CICLO HISTÓRICO

2.1   Interdição da lei na Antiguidade e no Medievo

2.2   Violência e interdição da lei nos diretos absolutista e moderno

3.   ESTADO DE EMERGÊNCIA E A CONSTITUIÇÃO DE 1988

3.1   Estado de emergência

3.2   Estado de emergência na Constituição Brasileira

4.   MEDIDA PROVISÓRIA E CONSTITUIÇÃO: BREVÍSSIMO PANORAMA

4.1   Prolegômenos

4.2   Medida provisória na Constituição de 1988

5.   CONSIDERAÇÕES FINAIS

APÊNDICE A  -  EXAME DE ALGUMAS EXCRESCÊNCIAS RECENTES

EM MATÉRIA DE MEDIDA PROVISÓRIA

1.   MEDIDA PROVISÓRIA 664/2014

2.   MEDIDA PROVISÓRIA 471/2009

3.   MEDIDA PROVISÓRIA 722/2016

 

CAPÍTULO 4  -  O DIREITO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO:

sua repercussão no âmbito jurídico e digital

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
Ruim Bom

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando neste site, você concorda com a nossa Política de Privacidade e com a utilização destas tecnologias.