Menu
Your Cart

DIREITO DOS TRABALHOS: repensando

DIREITO DOS TRABALHOS: repensando
DIREITO DOS TRABALHOS: repensando
R$120,00
  • Estoque: Em estoque
  • Modelo: 338
  • Peso: 200.00g
  • Dimensões: 24.00cm x 17.00cm x 24.00cm

Sumário

1 Introdução - 25

2 A Clandestinidade Trabalhista na Era do Algoritmo: crise da relação de emprego no capitalismo pós-industrial - 33

2.1 Da noção sociológica da classe trabalhadora ao conceito jurídico “empregado” na era do hardware: o marco normativo da sociedade industrial - 48

2.2 A clandestinidade na era do algoritmo: do ser social-que-vive-do- -trabalho ao trabalhador atípico alijado da proteção do Direito do Trabalho - 65

2.3 Os contornos da uberização no Brasil e no mundo: os dados, o pan- -óptico e a gig economy - 84

3 Os Elementos da Relação de Emprego em Apuros - 106

3.1 Críticas epistêmicas ao Direito do Trabalho: as categorias basilares da proteção trabalhista no Brasil, numa perspectiva interseccional - 112

3.1.1. Pessoa física, pessoalidade, onerosidade e não-eventualidade: segredos epistêmicos dos elementos da relação empregatícia brasileira - 121

3.1.2 A subordinação jurídica em apuros: críticas emergentes na era do algoritmo - 137

4 Como Proteger os Empregados Clandestinos: repensando a subordinação jurídica - 149

4.1 O que é estar protegido? - 154

4.2 A subordinação jurídica em crise: da perspectiva econômica à perspectiva do controle - 164

4.2.1 A alienidade - 166

4.2.2 O que é trabalhar por conta própria? - 167

4.2.3 A dependência - 169

4.2.4 O que é o trabalho autônomo ou independente? - 175

4.2.5. O que é o trabalho não assalariado? - 181

4.2.6. O controle e a empresa de rede - 183

5 A Proteção dos Trabalhadores em Plataformas Digitais - 195

5.1 A presunção de laboralidade dos entregadores na Espanha: de olho no Direito estrangeiro - 208

5.2 As diretrizes da União Europeia sobre trabalho nas plataformas e transparência algorítmica - 212

5.3 A Lei 14.297/2022: um possível caminho protetivo para os trabalhadores por aplicativos no Brasil? - 217

5.4 O futuro do Direito do Trabalho no Brasil: repensando a subordinação como condicionante da proteção laboral - 222

6 Como Proteger os Trabalhadores Vulneráveis: repensando o direito do trabalho na era do algoritmo - 229

6.1 A proteção social diante das novas vulnerabilidades: em busca de um conceito - 231

6.1.1. As dimensões de vulnerabilidade - 234

6.1.2. Um possível conceito para os trabalhadores autônomos vulneráveis - 341

6.2 Os novos perímetros protetivos nas recomendações da OIT: um caminho para o Direito Internacional Social - 243

6.3 A ampliação jurídica do conceito Direito do Trabalho e as escolas de pensamento que enfrentam a vulnerabilidade social com propostas juslaborais - 254

7 Direito dos Trabalhos: microssistema entre Direito do Trabalho, Previdência e Assistência - 258

7.1 O microssistema e o diálogo das fontes - 260

7.2 O papel da Previdência e da Assistência Social: inclusões previdenciárias e renda básica universal - 272

7.3 Um estatuto jurídico especial de tutela ao trabalhador autônomo vulnerável - 286

7.3.1 Os autônomos exclusivos - 288

7.3.2 Dos autônomos não exclusivos que prestam serviços para alguns tomadores - 290

7.3.3 O caminho ainda em aberto - 296

Conclusão - 299

Referências - 309

Posfácio - Esperanza Sirrra Benitez - 327

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
Ruim Bom
Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar navegando neste site, você concorda com a nossa Política de Privacidade e com a utilização destas tecnologias.